Prefeito de Maceió dá alvará para instalação de roda-gigante na orla

(Foto: Interparques Holding)

(Foto: Interparques Holding)

O prefeito de Maceió, JHC, entregou nesta quarta-feira (17), à Interparques Holding, o alvará para a implantação de uma roda-gigante na orla da capital. O investimento é de R$ 25 milhões e será feito com recursos privados.

O equipamento ficará instalado na Praça Multieventos, na Pajuçara. Maceió será a primeira cidade do Nordeste a receber uma roda-gigante panorâmica.

Durante a entrega do documento, o prefeito disse que ‘Maceió é feita de coisas gigantes’ e defendeu o equipamento como um atrativo para turistas e maceioenses.

“Será mais um ícone da nossa cidade. A empresa responsável é a mesma de São Paulo, Canelas e Balneário Camboriú. As cabines são idênticas, com algumas inovações, terão wi-fi e bluetooth. Tem led nos dois lados dela, será moderna, com ar-condicionado, capacidade para seis pessoas por cabine”, ressaltou.

A roda-gigante, que mede cerca de 45 metros de altura, será instalada pela Interparques Holding, que venceu a licitação feita pela Prefeitura de Maceió.

Cicero Fiedler, representante da empresa, afirmou que Maceió tem despontado no turismo e que por isso foi escolhida para receber a roda-gigante.

“Maceió está despontando no turismo, sendo um dos principais destinos turísticos do Nordeste. O turismo se move para onde há mais desenvolvimento, infraestrutura, e o que está acontecendo aqui é o reflexo do local. Maceió é um dos destinos mais consagrados do Nordeste”, destacou.

Segundo ele, “assim como nos outros empreendimentos, prezamos pela segurança, conforto e o design do equipamento. Vamos iniciar imediatamente as intervenções no local, as obras, o equipamento já está em fabricação, atingiremos o objetivo junto à prefeitura e vamos entregar ainda este ano”, disse.

A estimativa do trade turístico é que a roda-gigante consiga atrair até 1300 visitantes ao dia, movimentando aproximadamente R$ 2 milhões por mês na economia local.

Quer saber mais sobre economia em Alagoas? Siga a Mercatus nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais notícias para você